Os argentinos Aimar e Salvio, ambos em duas ocasiões, e os brasileiros Artur e Lima são os jogadores do plantel do Benfica com experiência em finais de taças europeias de futebol.

Aimar disputou duas pelo Valência (2000/2001 e 2003/2004), Salvio participou em duas das últimas três finais da Liga Europa pelo Atlético de Madrid (2009/2010 e 2011/2012), enquanto, pelo meio (2010/2011), Artur e Lima representaram o Sporting de Braga no jogo decisivo da mesma competição.

Em 2000/2001, o “10” argentino foi escolhido para o “onze” pelo compatriota Hector Cuper, mas foi substituído por David Albelda ao intervalo, altura em que os espanhóis venciam por 1-0, graças a um penálti madrugador de Mendieta.

No início da segunda parte, Stefan Effenberg restabeleceu, também de grande penalidade, a igualdade, que se manteve até ao final do prolongamento. A “lotaria” saiu aos bávaros (5-4) e Aimar falhou, assim, o título europeu.

Três anos depois, o Valência voltou a uma final, agora da Taça UEFA, frente aos franceses do Marselha, mas, desta vez, Aimar começou no banco, acabando por ser lançado aos 64 minutos, substituindo Rufete.

Então, os espanhóis já venciam por 2-0, graças a tentos de Vicente, aos 45+3 minutos, num lance que custou a expulsão ao guarda-redes gaulês Barthez, e Mista, aos 58. O resultado não mais se alterou e Aimar venceu a Taça UEFA, sob o comando de Rafael Benitez, agora técnico do Chelsea.

A Liga Europa sucedeu à Taça UEFA e tem marcada para quarta-feira a sua quarta final, sendo que as anteriores tiveram todas participantes do atual plantel “encarnado”.

Em 2009/2010, o argentino Salvio não foi opção inicial do ex-treinador do Benfica Quique Flores face ao Fulham, mas este lançou-o aos 78 minutos, retirando outro ex-benfiquista, Jose Antonio Reyes, com o jogo empatado a um.

O encontro foi resolvido com Salvio em campo, mais precisamente aos 116 minutos, altura em que o uruguaio Diego Forlan “bisou”.

Na época seguinte, Artur (90 minutos) e Lima (substituído aos 66) foram titulares no “onze” do Sporting de Braga, orientado por Domingos Paciência, mas, em Dublin, venceu o FC Porto, graças a um tento do colombiano Radamel Falcao, aos 44 minutos.

Há cerca de um ano, Salvio repetiu a presença, agora frente ao Athletic, e voltou a triunfar, mas iniciou novamente o jogo no banco, entrando desta vez apenas a dois minutos do fim, já com o 3-0 no resultado.

Falcao, que já trocara o FC Porto pelos “colchoneros”, decidiu a final na primeira parte, com um “bis”, para o brasileiro Diego fechar o resultado, já aos 85 minutos.

- Os jogadores do plantel do Benfica que já estiveram presentes em finais europeias:

Pablo Aimar (Valência)

00/01     LC   Bayern Munique, Ale, 1-1ap, 4-5gp       45m (T)

03/04     TU   Marselha, Fra, 2-0                      26m (S)

Salvio (Atlético de Madrid)

09/10     LE   Fulham, Ing, 2-1ap                      42m (S)

11/12     LE   Athletic, Esp, 3-0                      02m (S)

Artur (Sporting de Braga)

10/11     LE   FC Porto, 0-1                           90m (T)

Lima (Sporting de Braga)

10/11     LE   FC Porto, 0-1                           66m (T)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.