O Benfica pode hoje alcançar a nona final europeia da sua história, mas para isso terá que anular a desvantagem de 1-0 que trouxe da Turquia e superar o Fenerbahçe, na segunda mão das meias-finais da Liga Europa de futebol.
No Estádio da Luz, os “encarnados” têm a possibilidade de garantir a sua primeira final europeia desde 1990, quando foram derrotados pelo AC Milan por 1-0, na Taça dos Campeões Europeus.
Para isso, o Benfica está obrigado a marcar pelo menos dois golos e proibido de sofrer, num encontro em que não vai poder contar com o holandês Ola John, que está suspenso.
Do lado do Fenerbahçe, que está pela primeira vez nesta fase de uma competição europeia, os habituais titulares Raul Meireles, por lesão, Mehmet Topal e Pierre Webo, por castigo, são ausências certas.
Na última vez que o Benfica defrontou o Fenerbahçe em casa, em 74/75 no “velhinho” Estádio da Luz, goleou a equipa turca, por 7-0. Contudo, a formação de Istambul ainda não sofreu qualquer derrota fora de portas nesta edição da Liga Europa.
O encontro está agendado para as 20:05 e terá arbitragem do francês Stéphane Lannoy.
No outro duelo das meias-finais, o Chelsea, atual detentor da Liga dos Campeões, recebe o Basileia, que nunca tinha alcançado esta fase da prova, com uma confortável vantagem de 2-1 obtida no primeiro jogo, na Suíça.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.