Esta quinta-feira, o Benfica recebe os turcos do Galatasaray no Estádio da Luz para a segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa. O encontro tem início marcado para as 20h00 e vai decidir a eliminatória, sendo que o Benfica segue em vantagem depois de ter vencido por 2-1 em Istambul, com golos de Salvio e Seferovic.

O histórico de jogos do Benfica na Luz frente a equipas turcas é francamente favorito ao clube "encarnado". Na história das competições europeias, o Benfica jogou com formações turcas em oito ocasiões em casa, sendo que venceu seis, empatou uma vez e perdeu só numa ocasião.

Apenas por uma vez o Benfica recebeu o Galatasaray na Luz, num jogo de má memória para os "encarnados". Na Taça UEFA da época 2008/2009, o Benfica foi batido pelos turcos por 2-0, numa equipa onde pontificavam nomes como Arda Turan, De Santis, Fernando Meira, Milan Baros, entre outros. Emre Asuj e Umit Karan fizeram os tentos da única derrota caseira do Benfica frente a equipas turcas. Luisão alinhou nesse encontro.

Nos outros seis confrontos o Benfica não deu hipótese e venceu todos. Na presente temporada, os 'encarnados' superaram o Fenerbahçe na terceira pré-eliminatória da 'Champions', ao vencerem em casa por 1-0, com um golo de Cervi, e empatarem a um tento na Turquia, onde o 'miúdo' Gedson adiantou aos 'encarnados'.

A 13 de setembro de 2016, o Benfica empatou em casa com o Besiktas a uma bola, com um golo Franco Cervi aos 12 minutos de jogo, no primeiro encontro da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Em 2015, o Benfica venceu o Galatasaray por 2-1, em jogo da 4ª jornada do Grupo C da Liga dos Campeões. Jonas e Luisão fizeram os tentos da equipa de Rui Vitória, Podolski marcou para os turcos. Júlio César foi decisivo e segurou o triunfo nos minutos finais.

O encontro anterior aconteceu na caminhada "encarnada" rumo à final da Liga Europa em 2013. A equipa, orientada por Jorge Jesus, bateu o Fenerbahçe por 3-1, depois de ter perdido por 1-0 na primeira-mão. O golo de Gaitán aos 9 e o bis de Cardozo (35 e 66 minutos) colocaram os "encarnados" na final de Amesterdão, frente ao Chelsea. O holandês Kuyt fez o tento dos turcos, a 2 de maio de 2013.

Dois anos antes, o Benfica tinha levado a melhor sobre outra formação turca, mas agora na terceira pré-eliminatória de acesso à Liga dos Campeões. Depois de um empate a uma bola em Trabzon (Nolito fez o golo do Benfica), os "encarnados" bateram o Trabzonspor por 2-0, com golos de Nolito e Gaitán e passaram a derradeira fase, onde eliminaram o Twente.

Antes desse duplo confronto com o Trabzonspor, foi preciso recuar 31 anos para encontrar um jogo do Benfica com equipa turca. Foi na extinta Taça das Taças, na época 1980/1981. A 3 de setembro, 60 mil estiveram no velhinho estádio da Luz para presenciar uma goleada por 4-0 frente ao Altay, com golos de Chalana, Humberto Coelho, Nené e César.

A Luz sempre foi fortaleza quase inabatível para os adversários do Benfica. No seu reduto os "encarnados" tem ganho quase sempre e nas competições da UEFA não é diferente, com grandes clubes a sentirem na pele o que é o inferno da Luz. Que o diga o Fenerbahçe, que em 1975 foi trucidado por 7-0 na Luz, em jogo da primeira-eliminatória da extinta Taça dos Campeões Europeus jogado a 17 de setembro. Jordão e Nené fizeram um hat-trick cada, Nené fez o outro tento da formação orientada por Lajos Baroti.

Quanto ao Galatasaray, nunca disputou uma eliminatória a duas mãos com o Benfica ou qualquer outra equipa lusa, sendo que também encontrou o Sporting de Braga (2012/13) e o FC Porto (2018/19) na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.