Ao intervalo, Sporting de Braga e Dínamo de Kiev estão empatados a zero na segunda mão dos quartos de final da Liga Europa. No entanto, a equipa minhota beneficia do empate, e vantagem, a um golo na capital ucraniana.

Num onze algo diferente, com jogadores adaptados na defesa, Domingos Paciência viu a situação piorar quando Paulo César entrou duramente, e de forma infantil, sobre Yarmolenko do Dínamo de Kiev, ditando a sua expulsão aos 27 minutos, numa altura em que os bracarenses estavam bem na partida. Depois do sucedido gerou-se uma grande confusão entre os atletas das duas equipas.

Dois minutos antes da expulsão do avançado brasileiro, Yarmolenko apareceu sozinho na área, após centro de Danilo Silva e cabeceou com perigo, mas à figura do guardião dos bracarenses.

Perto do intervalo, o Sporting de Braga tinha tudo para fazer o golo mas o guardião dos ucranianos negou depois de um bom entendimento entre Hugo Viana e Meyong.

Recorde-se que na semana passada, na primeira mão em Kiev, o Sporting de Braga conseguiu um precioso empate a um golo. Caso este encontro da segunda mão terminasse com este nulo seria a formação portuguesa a carimbar a passagem às meias-finais da Liga Europa, onde encontraria o vencedor do embate entre PSV e Benfica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.