O Racing Genk, adversário do FC Porto no “play-off” da Liga Europa de futebol, tem uma curta história, mas em apenas 22 anos já conseguiu coleccionar um bom número de títulos, mas continua sem impressionar na Europa.

Na Europa, o “jovem” clube nunca conseguiu grandes campanhas, com a melhor prestação a acontecer em 2002/03, quando atingiu a fase de grupos da Liga dos Campeões, acabando eliminado, apesar de ter apenas duas derrotas, num grupo que tinha o Real Madrid e a Roma.

Na última temporada, o Genk, treinado pelo antigo internacional Franck Vercauteren, foi apenas 11.º classificado da Liga belga, mas acabou por conseguir a qualificação no “play-off” de acesso, frente ao Westerlo.

No primeiro encontro da Liga desta época, o Genk derrotou o Germinal Beerschot, por 2-1, com um dos golos a ser apontado por Kevin De Bruyne, que, aos 18 anos, é considerado um dos mais promissores jovens do futebol belga.

Na anterior ronda da Liga Europa, o Genk afastou os finlandeses do Inter Turkuu, vencendo fora por 5-1 e em casa por 3-2.

Este será o segundo encontro entre FC Porto e Genk, depois de os belgas terem derrotados os “dragões”, por 1-0, num encontro da pré-temporada de 2007/08.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.