Jorge Jesus, técnico do Benfica, analisou o empate do Benfica frente ao Rangers (3-3), isto depois dos encarnados se terem visto a perder por 3-1 ainda na primeira parte.

"Foi um jogo difícil, mas os jogadores do Benfica estão de parabéns. Esta equipa do Rangers tem qualidade, sabíamos que iam disputar o jogo connosco. Entrámos bem, nos primeiros 10 minutos tivemos o controlo do jogo mas depois da expulsão do Otamendi tivemos um período, é normal, em que não nos adaptámos a jogar com menos um. Levámos o auto-golo, depois o 1-2 e emocional e taticamente ficámos perdidos. Com menos um jogador é tudo diferente em relação aos posicionamentos e foi fundamental chegar ao intervalo. Estávamos a deixar os corredores laterais descobertos, o Rangers tem dois grandes laterais, na minha opinião, e joga num 4-3-3 muito agressivo e diferente do normal. Não é um 4-5-1, é um 4-3-3" analisou o técnico.

Segundo tempo 

"Na segunda parte soubemos esperar pelo momento, disse aos jogadores que íamos ter duas ou três [ocasiões] para fazer golo mas não podíamos falhar. Com a entrada do Darwin, e foi ele praticamente sozinho contra os dois centrais, chegámos ao 2-3 e depois ao 3-3. Hoje houve dois ou três jogadores que demonstraram uma crença de campeão e é assim que se criam as equipas para reagir às dificuldades. É um ponto importante para o apuramento", finalizou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.