Jorge Jesus falou à entrada da 106ª gala do Benfica, no Casino Estoril, sobre as metas traçadas pelos encarnados para esta temporada e sobre os jogos que se avizinham.

No que diz respeito à Liga Europa foi conhecido esta noite o adversário do Benfica nos oitavos-de-final: o Marselha. Jorge Jesus revelou que conhece bem o adversário, antevê uma eliminatória complicada, mas acredita que esta vai ser resolvida em favor do Benfica: “É um adversário que nós já conhecemos, sabíamos que praticamente estava apurado e hoje confirmou-se. Um adversário forte, que tem as mesmas ambições que o Benfica,no entanto nós temos todas as condições para passar esta eliminatória”.

Para a gala que decorre esta noite, no prémio para melhor treinador do ano não consta o nome de Jorge Jesus, uma vez que este galardão se refere à temporada anterior.O técnico do Benfica quando questionado sobre se aguarda poder vencer este prémio na gala do ano que vem, remeteu essa possibilidade para segundo plano: “Estou mais preocupado é que nos últimos dez jogos que faltam que o Benfica seja campeão. Esse é que é o meu grande objectivo, isso é que importa”.

Outra questão na ordem do dia, no que diz respeito ao Benfica, é a suspensão de dois de Javi Garcia  por parte da Comissão Disciplinar da Liga.

Este facto impede a participação do espanhol na partida do próximo fim-de-semana, a contar para o campeonato, frente ao Leixões. Jorge Jesus não se quis pronunciar sobre a justiça ou não da punição, preferindo referir que o plantel do Benfica tem jogadores com qualidade suficiente para suplantar situações como esta: “Não importa se foi justo ou não. O que interessa é que é uma realidade e temos que aceitar e trabalhar sobre essa realidade. Para a partida com o Leixões vai jogar outro jogador nessa posição e acredito que quem jogar vai estar à altura.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.