Depois de na conferência de imprensa ter dito que o Benfica precisava de mostrar em campo que era favorito, o treinador encarnado compareceu na sala de imprensa visivelmente satisfeito.

"É claro que estou feliz. O resultado conseguido dá-nos tranquilidade para o segundo jogo e é fruto do trabalho da equipa. Tornámos as coisas fáceis e temos esse mérito."

Jorge Jesus deu os parabéns à equipa e explicou o segredo da transformação dos encarnados na segunda parte.

"Ao intervalo preocupei-me em transmitir que tão importante como marcar era não sofrer e corrigi alguns posicionamentos em campo. O resto foi trabalho dos jogadores."

O técnico mostrou-se ainda agradado com a exibição de Shaffer, que foi titular pela primeira vez em jogos oficiais, e assumiu que o resultado de 4-0 hoje conseguido vai permitir fazer algumas experiências no jogo da segunda-mão, na Ucrânia.


"É natural que aproveitemos a oportunidade para utilizar alguns jogadores menos utilizados."

Já o treinador do Vorskla Poltava, Mikola Pavlov, assumiu que o Benfica foi superior e que à sua equipa faltou experiência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.