"O Poltava esteve melhor na segunda parte do que o Benfica. Nós sabíamos que, face às alterações que fizemos na equipa, corríamos o risco de perder o jogo mas não a eliminatória", afirmou o técnico encarnado no flash-interview.

Jorge Jesus explicou ainda que, para esta partida, tinha um objectivo muito específico: "Este jogo serviu-nos para dar mais ritmo a jogadores que não o tinham. Aproveitei para trabalhar mais a equipa para o futuro".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.