O Sporting de Braga arranca na quinta-feira para a sua sétima presença na fase de grupos da Liga Europa em futebol com um importante encontro no reduto do Estrela Vermelha, na luta pela vitória no Grupo F.

Numa época em que, pela primeira vez, ganhar um agrupamento vale a qualificação direta para os oitavos de final – os segundos seguem para os 16 avos de final -, o ‘onze’ de Carlos Carvalhal estreia-se com o jogo teoricamente mais complicado dos seis.

O atual Estrela Vermelha nada tem a ver com aquele que, ainda jugoslavo, espantou a Europa em 1990/91, ao vencer a Taça dos Campeões, com Prosinecki, Savicevic, Mihajlovic e Pancev, mas, no ‘ranking’ da UEFA, está mesmo à frente dos ‘arsenalistas’.

Depois das pré-eliminatórias, os detentores do título sérvio seguem no 41.º lugar da tabela, enquanto o Sporting de Braga é 43.º - mais abaixo estão Ludogorets (55.º) e Midjtjylland (94.º), que se defrontam na Dinamarca.

Assim, o Sporting de Braga arranca com um encontro que pode vir a pesar muito na luta pelo primeiro lugar, sendo que um triunfo lançaria desde já os minhotos para o apuramento direto, com um empate a ser igualmente um resultado positivo.

Os bracarenses venceram o último duelo com os sérvios, por 2-0, em casa, na fase de grupos da Taça UEFA de 2007/08, com golos de Linz e Wender, após a eliminação na primeira ronda da mesma prova em 2005/06, com dois empates, a zero em Belgrado e a um em Braga.

A formação ‘arsenalista’ tem, assim, um passado sem qualquer desaire com o Estrela Vermelha, mas não chega à estreia muito moralizada, face a um início de época pouco ou nada entusiasmante, com dois trunfos, dois empates e duas derrotas.

Os desaires foram face ao Sporting, por 2-1, um em campo neutro, que custou a Supertaça, e outro em casa, para o campeonato, e as igualdades surgiram nos últimos dois jogos na I Liga, ambas a zero, na receção ao Vitória de Guimarães e em Paços de Ferreira.

Tendo em conta que um dos triunfos, o conseguido em Moreira de Cónegos (3-2), só chegou aos 90+5 minutos, são muitas as inquietações para os lados de Braga.

Em oposição, o Estrela Vermelha chega num bom momento, com cinco vitórias consecutivos, depois da deceção que foi a eliminação da ‘Champions’ perante o Sheriff, com um desaire na Moldávia por 1-0, na segunda mão da terceira pré-eliminatória.

No campeonato, o conjunto de Belgrado segue com seis vitórias consecutivas, após o ‘nulo’ a abrir na receção ao Vojvodina, sendo segundo na classificação, a dois pontos do vizinho e rival Partizan, que ganhou os sete encontros disputados.

O Sporting de Braga terá, assim, de ser bem melhor do que tem sido internamente para começar com pontos a sua aventura no Grupo F da Liga Europa, que será ‘meio caminho andado’ rumo ao apuramento, que conseguiu em cinco de seis participações.

Depois do jogo na Sérvia, a formação lusa recebe o Midtjylland, cumpre os dois embates face ao Ludogorets, o primeiro na Bulgária, desloca-se à Dinamarca e fecha em casa com os sérvios, na sexta e última jornada, marcada para 09 de dezembro.

Na ronda inaugural dos outros agrupamentos, destaque para o Galatasaray-Lazio, do Grupo E, o Betis-Celtic, no G, o Rangers-Lyon, no A, o PSV Eindhoven-Real Sociedad, no B, e o Leicester-Nápoles, no C.

Quanto ao Grupo D, que tem dois treinadores lusos, o Olympiacos, de Pedro Martins, recebe o Antuérpia, enquanto o Fenerbahçe, de Vítor Pereira, desloca-se ao reduto do Eintracht Frankfurt.

A fase de grupos arranca na quarta-feira, dia para o qual foi antecipada a receção do Spartak Moscovo ao Legia Varsóvia, do Grupo C.

Os primeiros classificados dos oito agrupamentos – eram 12 em 2020/21 - seguem diretamente para os ‘oitavos’, os segundos rumam aos ‘16 avos’, marcando encontro com os terceiros colocados dos oito grupos da Liga dos Campeões, enquanto os terceiros ‘caem’ para os 16 avos de final da Liga Conferência Europa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.