O treinador do Tottenham, José Mourinho, deixou dúvidas sobre a presença de Son Heung-min na seleção da Coreia do Sul para defrontar o Japão na próxima semana.

Son foi convocado para o jogo amigável do próximo dia 25 de março, apesar de ter saído do dérbi do norte de Londres, frente ao Arsenal, no último domingo, com uma lesão na coxa.

O avançado não é opção para a segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa frente ao Dinamo Zagreb, marcado para quinta-feira. A equipa de Londres está à frente na eliminatória por 2-0.

Mourinho afirmou que se Son falhar o jogo de domingo frente ao Aston Villa, não se pode esperar que possa jogar pelo seu país em Yokohama.

"Se um jogador está lesionado, não interessa se é um jogo amigável ou oficial. Se chegarmos à próxima semana e ele estiver lesionado, e provarmos isso à federação sul-coreana, o que é que eles podem fazer? Se um jogador não pode jogar pelo clube, não pode jogar pelo seu país", disse.

Vencer a Liga Europa é a rota mais possível para os Spurs chegarem à Champions da próxima época e Mourinho afirmou que Harry Kane vai jogar na quinta-feira apesar dos próximos jogos que terá com a Inglaterra.

A Inglaterra defronta São Marino, a Albânia e a Polónia em jogos de qualificação para o mundial na próxima jornada internacional e Mourinho espera que o seu jogador não alinhe nas três partidas.

"Se pudéssemos escolher, gostaríamos que os jogadores não jogassem os três jogos, mas não está nas nossas mãos. Está nas mãos dos selecionadores", afirmou.

"Não há nada que possamos dizer. Se um de vocês [jornalistas] me perguntar 'ele vai jogar amanhã ou descansar', posso responder-vos já que ele vai jogar. O jogo está aberto, é um jogo importante para nós, por isso vai jogar", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.