Os resultados de quinta-feira das provas europeias de clubes deixaram Portugal mais longe dos Países Baixos o Ranking da UEFA.

Com três equipas em campo (duas na Liga Europa e uma na Liga Conferência), os neerladeses viram Feyenoord (que até venceu o seu grupo), PSV e AZ Alkmaar vencer os respetivos jogos e além disso, continuar todos eles em cena nas provas europeias após o virar do ano.

Portugal só teve o SC Braga em campo e a vitória dos minhotos não chegou para impedir que os Países Baixos passassem mesmo a ter mais pontos somados do que Portugal no ranking na presente temporada (10,300, contra 10,000 de Portugal).

Quer isto dizer que, concluída a fase de grupos, a vantagem neerlandesa sobre Portugal na luta pelo 6.º lugar, para a qual conta a presente temporada mais as anteriores quatro, é ainda maior do que o era no início da época. Os Países Baixos totalizam 56,700 pontos enquanto Portugal totaliza apenas 53,716.

E, apesar de ambos os países seguirem para 2023 com quatro representantes, os pontos somados pelos clubes lusos serão a dividir por seis (número de representantes que Portugal teve à entrada para as provas europeias 22/23) e os somados pelos clubes neerlandeses serão divididos por cinco (número de representantes que os Países Baixos tiveram à entrada para as provas europeias 22/23).

Mais preocupante ainda, no final desta época Portugal 'descartará' uma temporada (a de 2018/19) melhor do que aquela que os neerlandeses 'descartarão'.

Olhando para os pontos somados por todos os países esta temporada, Portugal, que até chegou a estar muito bem posicionado face aos bons arranques de Sporting, Benfica e Braga, é agora apenas o 9.º pais com mais pontos somados em 2022/23, atrás de Inglaterra, Alemanha, Espanha, Itália, França, Turquia, Bélgica e Países Baixos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.