O treinador do Benfica, Jorge Jesus, sublinhou esta segunda-feira que a conquista da Liga Europa representa «uma marco muito importante para o historial do Benfica».

«Esta final significa os objetivos traçados na Liga Europa. Ganhar a prova representa um marco muito importante para o historial do Benfica, assim como também para os jogadores e treinadores. Todos nós saímos reforçados se ganharmos a Liga Europa. Chegar à final da Liga Europa é muito importante, mas mais importante é sair dela com a taça», afirmou Jesus em entrevista ao site da UEFA.

Rejeitando que esta final coloque «mais pressão» sobre os encarnados, algo que acontece «sempre» que o Benfica joga, Jorge Jesus salienta, sim, que esta final dá «prazer, tranquilidade e confiança» no trabalho realizado, sinónimo de que «está a ser bem feito». «Chegar a uma final e ter a responsabilidade de a ganhar só valoriza as nossas competências. É esse caminho que percorremos no Benfica», frisou.

No ano passado, antes do sorteio para os quartos de final da Liga dos Campeões, o treinador indicou que preferia uma equipa inglesa, e o Chelsea era a única na altura ainda em prova. Como se sabe, não correu de feição para o Benfica e os Blues acabariam mesmo por se sagrar campeões da Europa, título que ainda ostentam.

«Temos todo o prazer de defrontar o Chelsea na final, de partilhar uma final com adversários que já foram meus jogadores e o Chelsea tem quatro. A jogar tem o David Luiz e o Ramires, mas não me esqueço do Paulo Ferreira e do Hilário. Isso também é uma nota importante e ficamos muito contentes de o Chelsea ser o nosso adversário na final», concluiu.

Benfica e Chelsea defrontam-se quarta-feira, pelas 19h45, na Arena de Amesterdão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.