O treinador do Benfica, Jorge Jesus, salientou que ter alcançado a final da Liga Europa é fruto «do trabalho de muita gente», numa constante de «conquista de etapas não só em Portugal como no estrangeiro».

«É um momento histórico em função do tempo que se passou de não chegar às finais que nos anos 60 se habituou. A história é bonita, mas o que importa é a realidade. O Benfica vai estar na final com justiça, fizemos uma Liga Europa fantástica. Sentimos depois de Istambul que tinhamos mais equipa, apesar de nem sempre a melhor ganhar. Vinhamos com uma desvantagem de 1-0, eu disse que era perigoso, mas tinhamos condições de os eliminar. Hoje não foi uma equipa que criou muitos problemas. Disse aos meus  jogadores para estarem serenos, confiantes, que os golos iam aparecer. Temos uma dinâmica e posicionamentos que não são fáceis de parar», frisou o técnico em declarações à SIC.

Jorge Jesus acredita que é possível trazer a taça para Lisboa. «Acredito. São quatro anos de trabalho em crescendo, a ganharmos etapas em Portugal e no estrangeiro, onde o Benfica já não chegava há alguns anos. Hoje é uma equipa que vai ficar no Pote 1 da Champions. É trabalho de muita gente e hoje estamos em duas finais. Mas como digo, os jogos mais importantes vêm aí e um deles é com o Estoril [para a Liga]», rematou.

O Benfica volta a uma final europeia 23 anos depois e terá o Chelsea como adversário.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.