O Steaua Bucareste vive momentos conturbados, muitos deles provocados pelo seu controverso presidente, Gigi Becali. O adversário do Vitória de Guimarães nos play-offs de acesso à Liga Europa conta com dois portugueses no plantel mas só um deverá ficar. O extremo Diogo Salomão, contratado há um mês, poderá já estar de saída. O outro é Thierry Moutinho.

"Não sei quando voltaremos a ver Salomão jogar. Contratámo-lo para vê-lo, mas agora que outros jogadores voltaram de lesão, ele que vá com Deus", disse o presidente do clube, Gigi Becali, em declarações reproduzidas pelo site 'Prospor'. De recordar que o português chegou aos romenos a custo zero, depois de uma passagem pelo Al-Hazm da Arábia Saudita.

Mas há outros problemas a resolver. Nesta altura o clube procura um treinador, depois da saída de Bogdan Andone devido aos maus resultados no campeonato. A imprensa romena escreve que Luigi Del Neri, antigo treinador do FC Porto, Roma e Juventus, poderá ser a escolha. Neste momento a equipa é treinada pelo adjunto Vergil Andronache.

Esta sexta-feira o Steaua Bucareste apresentou o novo diretor-desportivo, Narcis Raducan, que substituiu Mihai Stoica, e também o extremo-direito Popa, emprestado pelo Reading de Inglaterra, treinado por José Gomes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.