O treinador do Konyaspor, Mehmet Ozdilek, realçou hoje que a equipa turca precisa de concentração para derrotar o Vitória de Guimarães e poder apurar-se para os 16 avos da Liga Europa de futebol, em que ganhou experiência.

Na antecâmara da sexta e última jornada do grupo I, o Konyaspor, terceiro com cinco pontos, e o Vitória, quarto com quatro, precisam, além de um triunfo, de uma vitória dos austríacos do Salzburgo, líderes com 11 pontos, em França, no terreno do Marselha, segundo com sete, para seguirem em frente na prova.

A formação da cidade de Konya esteve a instantes de depender de si própria na quinta-feira, depois de, na receção ao Marselha, ter consentido o empate (1-1) num autogolo de Wilfried Moké, aos 90+3 minutos, mas, na véspera do duelo com os vitorianos, o técnico turco pediu à sua equipa para se preocupar apenas em bater um "adversário que joga bem".

"Vamos estar concentrados em ganhar. Nem tudo depende de nós. O empate contra o Marselha dificultou o nosso trabalho. O adversário joga bem, mas ganhámos experiência no ano passado e neste ano, e o nosso único objetivo será ganhar o jogo de amanhã [quinta-feira]", disse, na antevisão ao jogo marcado para as 20:05, em Guimarães.

Sem atribuir favoritismo a nenhuma das equipas, o 'timoneiro' salientou ainda que o 15.º classificado da I Liga turca, com 11 pontos em 14 jogos, ganhou, nesta época, experiência face ao ano passado, quando se estreou nas provas europeias e terminou o grupo H, no qual se incluía o Sporting de Braga, com um ponto.

Técnico do Konyaspor desde o final de outubro, quando rendeu Mustafa Akçay numa fase em que a equipa era 17.ª e penúltima no campeonato, Mehmet Ozdilek realçou ainda que a equipa tem feito quase sempre três jogos por semana e que os "jogadores têm de ter tempo para descansar", apesar de se mostrar confiante numa boa prestação diante do Vitória.

O guarda-redes Serkan Kirintili, de 32 anos, lembrou, por seu turno, que há "três equipas com hipóteses de passar" à fase seguinte, além do já apurado Salzbur

go (11 pontos) e que "tudo pode acontecer" num jogo em tanto o Vitória, cujo elemento mais perigoso, a seu ver, é Raphinha, como o Konyaspor podem ganhar.

O defesa turco Volkan Findikli, o médio dinamarquês Jens Jonsson e o avançado burquinês Abdou Traoré são baixas na turma de Mehmet Ozdilek, por lesão.O Konyaspor, terceiro classificado do grupo I com cinco pontos, defronta, na quinta-feira, o Vitória de Guimarães, quarto e último com quatro, pelas 20:05, no estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, num jogo que vai ser arbitrado pelo alemão Daniel Siebert.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.