O Estoril venceu o Pasching da Áustria por 2-0, em jogo da 1.ª mão do play-off de acesso à Liga Europa. O treinador do Pasching acredita que ainda é possível dar a volta a eliminatória na Áustria e entrar na fase de grupos.

«Claro que acreditamos. Temos oportunidade. Sabíamos que o Estoril, a nível individual e técnico era muito forte. Com os meios que temos a nível coletivo, defendemos bem, principalmente na primeira parte. No primeiro tempo o Estoril teve mais posse de bola mas sem criarem muitas oportunidades», disse Baumgartner na conferência de imprensa, logo após o jogo.

O técnico do clube austríaco gostou do Estoril, em particular, de um jogador.

«Carlitos foi, para mim, o jogador de maior destaque», afirmou.

Quando ao lance do suposto penálti para a sua equipa Baumgartner afirmou que teve indicações que o árbitro errou na sua decisão.

«O meu jogador disse que foi falta. Penso que, numa primeira fase, o árbitro indicou no sentido do penálti mas o assistente acabou por marcar canto. O assistente pediu-me desculpas depois e isso quer dizer tudo. Teria sido o 2-1 e teria sido um melhor resultado para nós, sublinhou Gerald Baumgartner.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.