Há um novo máximo de treinadores portugueses na fase a eliminar das competições europeias de clubes. Este recorde foi possóvel depois de confirmados, na noite de quinta-feira, os apuramentos da Roma, de Paulo Fonseca, e do FC Porto, de Sérgio Conceição, que se juntam aos sete nomes já antes confirmados.

Portugal vai assim, à partida, contar com nove treinadores em cena nas provas de clubes da UEFA em Fevereiro, divididos entre Liga Europa (oito) e Liga dos Campeões (1). Isto, naturalmente, deixar o cargo até lá. O anterior máximo era de oito.

Olhando para os restantes países, apenas Alemanha e Espanha, cada um com seis treinadores entre os 48 clubes ainda em cena na 'Europa' se aproxima, ainda assim apenas com seis. Itália e França contam com quatro técnicos cada.

É esta a lista de treinadores portugueses com presença na fase a eliminar:

Oitavos de Final da Liga dos Campeões:

José Mourinho (Tottenham)

16 avos de final da Liga Europa

Bruno Lage (SL Benfica)

Luís Castro (Shakhtar Donetsk)

Nuno Espírito Santo (Wolveramphton)

Paulo Fonseca (AS Roma)

Pedro Martins (Olympiakos)

Ricardo Sá Pinto (SC Braga)

Sérgio Conceição (FC Porto)

Silas (Sporting)

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.