O antigo avançado holandês, Pierre van Hooijdonk, teve uma breve passagem pelo Benfica em 2001, onde trabalhou com três treinadores diferentes. Apesar de ter marcado 24 golos na época 2000/2001, a mudança de presidência na clube da Luz levou o internacional holandês a sair rumo ao Feyenoord, onde viria conquistar uma Taça UEFA na temporada seguinte.

De Jupp Heynckes a Toni, passando por José Mourinho, o antigo avançado lidou com diferentes personalidades no balneário da Luz numa altura em que os técnicos saiam do Benfica por falta de resultados.

Na presente época, o panorama na Luz é muito diferente. Jorge Jesus levou o Benfica à final da Liga Europa e o treinador português está muito perto de levar o emblema da águia a uma temporada histórica com a possível conquista de três troféus.

Veja a entrevista exclusiva a Pierre van Hooijdonk

Van Hooijdonk: «Benfica joga melhor futebol do que o Chelsea»

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.