O treinador do Vitória de Guimarães, Armando Evangelista, disse esta quarta-feira que o Altach, adversário da terceira pré-eliminatória da Liga Europa de futebol, é exigente e taticamente culto, mas mostrou esperança em seguir em frente.

Na conferência de imprensa de antevisão da partida, marcada para quinta-feira, às 18h00, em casa dos austríacos, o técnico considerou que não há favoritos na eliminatória e deixou elogios ao Altach.

"Se até agora o Altach era um clube desconhecido, para mim já não o é. Estamos bem informados sobre o valor desta equipa e posso dizer que se trata de um adversário taticamente culto e exigente", afirmou, citado pelo sítio oficial dos minhotos.

Para o técnico, "não faz sentido" atribuir-se favoritismo a qualquer das equipas.

"Uma coisa eu posso dizer: é que o Vitória tudo irá fazer para seguir na prova e estou convicto de que é isso que irá acontecer", afirmou.

Vai ser o primeiro jogo oficial da época dos vimaranenses e também a estreia de Armando Evangelista no comando técnico do Vitória, situação que não o assusta.

"Temos de nos concentrar nestes dois jogos e só depois pensar na próxima eliminatória. Estrear-me com uma prova de fogo é algo que não me assusta e sinto a equipa confiante, o que me deixa tranquilo. Pretendemos um Vitória com uma identidade própria mas nestes jogos tem de existir uma estratégia pois são jogos a eliminar", disse.

O jogo tem início às 18h00 de quinta-feira, no estádio Innsbruck, na Áustria.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.