Continua sem vencer o Paris Saint-Germain na Liga Francesa: depois da derrota do último fim de semana frente ao Lens, os parisienses somaram nova derrota, desta vez em casa e frente ao grande rival.

O Marselha, de André Villas-Boas, voltou a bater o PSG quase nove anos depois e somou a primeira vitória no Parque dos Príncipes em dez anos: a última vitória do Marselha em Paris data de 28 de fevereiro de 2010 (PSG 0-3 Marselha).

"Racismo não!": Neymar queixa-se de insultos racistas durante o PSG-Marselha
"Racismo não!": Neymar queixa-se de insultos racistas durante o PSG-Marselha
Ver artigo

O único golo da partida foi apontado por Florian Thouvin, aos 31 minutos, a aproveitar o livre marcado por Payet.

O Marselha, com duas vitórias em três jornadas e um jogo em atraso, pode saltar para a frente da tabela, se vencer o jogo contra o Saint-Étienne (que também soma por vitórias os dois jogos que fez).

Quanto ao PSG, onde regressaram Neymar e Di María, após afastamento por testes positivos a COVID-19, a situação é francamente má - com duas partidas disputadas, o campeão ainda não tem pontos e está na zona de descidas.

Não se viram mais golos (válidos) em Paris, mas os minutos finais do "Le Classique" foram quentes: cinco jogadores, incluindo Neymar, viram o cartão vermelho por desacatos entre os atletas dos dois emblemas em jogo.

O campeonato francês, ainda com alguns jogos em atraso, é agora comandado por um trio de clubes com sete pontos, composto por Rennes, Mónaco e Lille.

Destaque para o Rennes, que venceu fora o Nîmes por 4-2, com um bis de Guirassy na contabilidade dos visitantes.

Os monegascos, com Gelson Martins a titular (substituído aos 62 minutos), venceram em casa o Nantes, por 2-1, e Lille, com José Fonte na equipa, ganhou por 1-0 ao Metz.

*Última atualização às 00h14 de 14 de setembro de 2020

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.