O final do PSG-Marselha ficou marcado pelos cinco vermelhos mostrados pelo árbitro da partida a jogadores das duas equipas, nos quais se incluiu Neymar, depois de ter dado uma palmada no pescoço de Álvaro Gonzaléz, defesa do Marselha que o brasileiro já tinha acusado de racismo na primeira parte do encontro.

"Racismo não!": Neymar queixa-se de insultos racistas durante o PSG-Marselha
"Racismo não!": Neymar queixa-se de insultos racistas durante o PSG-Marselha
Ver artigo

O craque do PSG recebeu ordem de saída, depois de dar uma palmada na cabeça do defesa espanhol dos marselheses, e é audível nas imagens da transmissão do encontro que Neymar volta a apontar à existência de atos racistas por parte de Gonzaléz.

"Vejam o racismo. Foi por isso que lhe bati", disse Neymar, enquanto saía do relvado após ter visto o cartão vermelho, tal como outros dois jogadores do PSG e dois do Marselha.

Agora, minutos depois do jogo ter terminado, Neymar reagiu nas redes sociais, escrevendo um tweet em que afirma que o seu "Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca".

De seguida, numa nova publicação, o jogador brasileiro revela que foi chamado de "macaco filha da p..." e que quer ver se o VAR também deteta essas imagens.

"VAR pegar a minha “agressão” é mole ... agora eu quero ver pegar a imagem do racista me chamando de “MONO HIJO DE P***” (macaco filha da p***)... isso eu quero ver! E aí? CARRETILHA vc me pune.. CASCUDO sou expulso... e eles? E aí ?", escreveu.

O treinador do PSG, Thomas Tuchel, referiu que Neymar lhe disse que tinha "havido um insulto racista", mas assegurou que não se tinha apercebido no relvado.

"Há imagens de televisão e essas serão julgadas", disse o diretor desportivo dos parisienses, o brasileiro Leonardo.

O treinador do Marselha, o português André Villas-Boas, referiu que "Neymar estava um pouco nervoso", mas disse esperar que não tenha havido qualquer caso de racismo.

"Espero que isso não desvalorize a nossa vitória. Não há espaço para o racismo no futebol. Não penso que esse seja o caso. Também há uma cuspidela do Di Maria. Foi um clássico", disse o português.

 *Última atualização às 00h19 de 14 de setembro de 2020, com o novo tweet de Neymar. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.