Kalifa Coulibaly, avançado do Nantes, foi detido pelas autoridades francesas na última quinta-feira, depois de ter alegadamente agredido uma mulher com um martelo.

De acordo com o jornal francês Ouest-France, o incidente ocorreu na residência do jogador maliano, depois de a vítima, uma mulher belga que terá conhecido Coulibaly há três anos, ter aparecido no local com uma criança que apresentou como sendo do jogador.

O avançado maliano acabou por ser levado pela polícia, depois de os vizinhos terem ouvido gritos, e acabou por passar a noite de quinta para sexta-feira na prisão, tendo sido libertado após intervenção do filho do presidente do Nantes.

A mesma publicação adianta ainda que não foi apresentada qualquer queixa contra o jogador.

De referir que Coulibaly foi opção durante 75 minutos no empate a um golo na receção ao Caen.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.