A equipa orientada por Didier Deschamps, com o ex-portista Lucho González a actuar o tempo todo, correu sempre atrás do resultado: o romeno Daniel Niculae (15 m) marcou para o Mónaco, o Marselha empatou por Mathieu Valbuena (42) e o sul-coreano Park Chu-Young (79) parecia garantir o triunfo dos forasteiros, não fosse a “traição” de Adriano Pereira dois minutos depois.

Cumpridas cinco jornadas, o Marselha continua na segunda metade da classificação com apenas cinco pontos, enquanto o Mónaco está apenas um pouco melhor, com seis.

O Bordéus, que liderou quase todo o campeonato passado, também não está melhor e hoje sofreu a terceira derrota, por 2-1 na visita ao Nice.

Eric Mouloungui (35) adiantou o Nice no marcador e Habib Bamogo sentenciou já aos 94, um minuto antes de Anthony Modeste fazer, de penalti, o golo de honra forasteiro.

O Nice somou assim nove pontos, enquanto o Bordéus está no grupo dos penúltimos com apenas quatro.

Com somente mais um ponto do que o “girondins” ficaram Brest e Lorient que empataram a zero.

O Toulouse comanda com 12 pontos, seguindo do Rennes com 11 e o Saint-Étienne com 10.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.