O treinador italiano Claudio Ranieri anunciou hoje que vai deixar o Nantes no final da temporada, deixando o clube francês de futebol após o jogo de sábado contra o Estrasburgo.

A saída do italiano já tinha sido desvendada pelo presidente do emblema, Waldemar Kita, e num comunicado o clube agradeceu “todo o trabalho” da equipa técnica e desejou “muito sucesso em projetos futuros”.

Ranieri, de 66 anos, foi nomeado em junho de 2017 para substituir Sérgio Conceição, que abandonou o clube para assumir o lugar de técnico do FC Porto, sendo que deixará o clube fora das competições europeias.

Depois de um bom arranque de temporada, os últimos oito jogos trouxeram apenas uma vitória e o Nantes caiu para o 10.º lugar.

Esta foi a segunda passagem de Ranieri por França, após um período entre 2012 e 2014 em que treinou o Mónaco, no qual venceu o segundo escalão antes de terminar a ‘Ligue 1’ em segundo.

“Quero agradecer aos meus jogadores, porque a primeira parte do campeonato foi fabulosa, mesmo que a segunda tenha sido mais difícil. Deram tudo o que tinham”, explicou o italiano, citado em comunicado.

O técnico treinou Juventus, Roma, Inter de Milão, Atlético de Madrid ou Chelsea na carreira, conseguindo vencer a Liga inglesa com o Leicester em 2015/16.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.