O jogo entre Montpellier e Troyes, da 20.ª jornada da Liga francesa de futebol, que se deveria realizar no domingo, foi adiado para data a determinar, devido a um surto de covid-19 no plantel visitante.

Na quinta-feira, também o Paris Saint-Germain informou que Di Maria e Julian Draxler testaram positivo ao coronavírus responsável pela pandemia da covid-19, depois de no início da semana terem comunicado a infeção do guarda-redes Donnarumma.

De acordo com o protocolo da Liga francesa, os jogos têm de ser adiados caso as equipas não consigam ter disponíveis 20 jogadores, entre os quais um guarda-redes, num efetivo de 30 inscritos.

Na quinta-feira, a França registou mais cerca de 261 mil casos de novas infeções e 204 mortos.

Com o crescimento de casos associados à variante Ómicron do coronavírus, têm sido vários os jogos adiados em campeonatos por toda a Europa, e em Portugal a Liga foi ‘obrigada’ a definir regras para a realização dos mesmos, com a obrigatoriedade de um mínimo de 13 jogadores, um dos quais guarda-redes.

A covid-19 provocou 5.456.207 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em diversos países.

Uma nova variante, a Ómicron, considerada preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 110 países, sendo dominante em Portugal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.