O extremo argentino quer esquecer a sua passagem pelo Manchester United. O jogador reconhece que tudo correu mal

“O Manchester United foi uma experiência triste. As coisas não correram como eu esperava. Estava desapontado e não conseguia ultrapassar isso”, adiantou numa entrevista ao L’Equipe.

Nesse sentido, Di Maria prefere esquecer e olhar para o presente: “Honestamente, eu não me lembro do que aconteceu nem quero lembrar”.

Esta época, ao serviço do PSG, Di Maria já participou em 28 jogos e marcou 12 golos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.