Na semana passada, o dono do Rennes François Henri Pinault deixou o mundo do futebol boquiaberto ao despedir o presidente da SAD, Olivier Létang, que chegou ao clube em 2017 e que tinha até então desenvolvido um trabalho satisfatório na ótica dos adeptos.

Já esta quinta-feira, a rádio RMC avançou com uma possível razão para o inesperado despedimento de Olivier Létang.

Segundo a rádio francesa, Pinault fartou-se da pouca tolerância de Létang para com os treinadores do Rennes. A estação explica que o até então presidente do Rennes estaria a preparar-se para dispensar o atual treinador Julien Stéphan.

O eventual despedimento de Stéphan não agradou a Pinault, que decidiu 'cortar o mal pela raíz' e trocar de presidente.

De notar que desde que Létang chegou ao Rennes, em 2017, o clube teve três treinadores: Christian Gourcuff, Sabry Lamouchi e agora Julien Stéphan - que Létang pretendia trocar por Laurent Blanc ou Remi Garde.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.