Bordéus e Nantes deram hoje o 'pontapé de saída' da edição 2020/21 da Liga francesa de futebol, com um empate 0-0, em jogo da primeira jornada da prova, que contou com número limitado de espetadores nas bancadas.

As menos de 5.000 pessoas que são permitidas nos recintos franceses no arranque da época não tiveram motivos para festejar, tendo em conta os poucos motivos de interesse protagonizados pelas duas equipas.

Já sem o técnico Paulo Sousa, que foi rendido há poucas semanas por Jean-Louis Gasset, o Bordéus jogou mais de uma hora reduzido a 10 elementos, depois de Mehdi Zerkane ter visto o cartão vermelho direto, logo aos 20 minutos.

Desde 2016/17 que Bordéus e Nantes não sabem o que é vencer na primeira jornada da 'Ligue 1'.

O tricampeão Paris Saint-Germain apenas entra em ação na segunda ronda da prova, uma vez que se encontra em Lisboa para disputar a final da Liga dos Campeões, o mesmo sucedendo com o Lyon, que caiu nas 'meias' da prova 'milionária'.

O Marselha, treinado pelo português André Villas-Boas, também viu a estreia, com o Saint-Étienne, ser adiada, mas devido aos vários casos de covid-19 registados no seio da equipa marselhesa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.