O Lille capitalizou hoje a derrota do Paris Saint-Germain e assumiu a liderança isolada da Liga francesa de futebol, ao vencer por 1-0 na receção ao penúltimo classificado Dijon, em jogo da 22.ª jornada.

Com o internacional português José Fonte no centro da defesa, os ‘dogues’ alcançaram o quarto triunfo seguido na prova, graças ao tento solitário de uma das principais figuras, o internacional turco Yusuf Yazici, que tirou partido de um erro de Bruno Ecuele Manga, aos 29 minutos.

A formação comandada por Christophe Galtier, que lançou os portugueses Tiago Djaló, Xeka e Renato Sanches no decorrer do segundo tempo, isolou-se no primeiro lugar da Ligue 1, com 48 pontos, mais dois do que o Lyon (46), segundo, e mais três do que o Paris Saint-Germain (45), que agora é terceiro, em virtude da derrota averbada hoje em Lorient (3-2).

No terreno do antepenúltimo classificado, o PSG viu-se em desvantagem aos 36 minutos, numa jogada de insistência de Laurent Abergel, que conseguiu superiorizar-se ao internacional português Danilo Pereira e rematar sem hipóteses para Sergio Rico.

Contudo, os campeões gauleses beneficiaram de duas abordagens desastradas de Houboulang Mendes, que derrubou Neymar e Mauro Icardi dentro da área do Lorient. O avançado brasileiro não enjeitou a responsabilidade e converteu as duas grandes penalidades, aos 45 e 58 minutos.

O congolês Yoane Wissa repôs a igualdade para o Lorient, aos 80 minutos, e, quando o PSG procurava chegar ao triunfo, a formação da casa aproveitou o adiantamento do adversário e desferiu um contra-ataque letal, conduzido e finalizado pelo nigeriano Teremas Moffi, aos 90+1.

O PSG somou a primeira derrota sob o comando de Mauricio Pochettino.

O Metz arrecadou a terceira vitória seguida, no reduto do Brest, por 4-2, e aproximou-se dos lugares europeus. Os visitantes estiveram duas vezes em desvantagem, com golos de Franck Honorat (33 minutos) e Irvin Cardona (47), mas construíram o triunfo com tentos de Farid Boulaya (36), Pape Sarr (73), Papa Yade (81) e Vagner (87, de grande penalidade).

Com menos um ponto do que o Metz (34), surge o Angers, que colocou fim a uma série de três derrotas e bateu em casa o lanterna-vermelha Nimes por 3-1, num encontro no qual o português Pereira Lage foi titular nos anfitriões.

Já o Reims, venceu por 1-0 no reduto do Estrasburgo, enquanto o Saint-Étienne, que não vencia há seis partidas, obteve o mesmo resultado na visita a Nice, graças a um golo de Charles Abi, aos 88 minutos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.