Luís Campos pediu a demissão do cargo de diretor desportivo do Monaco, segundo avança a “France Football”.

De acordo com esta publicação, a saída do português fica a dever-se à interferência por parte da direção do clube nas decisões por si tomadas.

Luís Campos irá manter-se por mais dois meses no cargo, os sessenta dias que deve cumprir após o pedido oficial de demissão. O português estava no clube desde 2013.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.