O Olympique de Marselha acaba de publicar um comunicado de imprensa no qual anuncia a suspensão de André Villas-Boas que, recorde-se, tinha avançado esta manhã com o pedido de demissão, fruto de desentendimento com a política desportiva e de contratações do clube gaulês.

"O Olympique de Marseille anuncia a abertura de procedimentos disciplinares contra André Villas-Boas. Esta decisão tornou-se inevitável devido à recente repetição de ações e atitudes que prejudicam gravemente a instituição e os seus funcionários, que a defendem diariamente", começa por se ler no comunicado.

"Os comentários feitos hoje em conferência de imprensa, em particular sobre Pablo Longoria, diretor responsável pelo futebol, são inaceitáveis", prossegue o clube.

"O seu investimento excepcional não pode ser posto em causa e, pelo contrário, foi saudado por todos durante esta janela de transferências de inverno, marcada por uma crise sem precedentes. Eventuais sanções serão aplicadas a André Villas-Boas na sequência de procedimentos disciplinares.", termina o comunicado publicado pelo clube no sei site oficial.

Recorde-se que André Villas-Boas tinha anunciado na manhã desta terça-feira ter apresentado a demissão do cargo de treinador do Marselha, por discordar da política desportiva da direção do clube da liga francesa de futebol.

“Não quero nada do Marselha, nem dinheiro. Só quero ir-me embora”, afirmou o técnico português, em conferência de imprensa, garantindo que aguarda uma resposta da direção, com a qual admitiu ter tido um desentendimento na ‘janela de transferências’, cujo período terminou na segunda-feira.

 *Artigo corrigido às 16h40

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.