O Marselha aceitou uma proposta de 15 milhões de euros dos ingleses do West Ham para vender o futebolista Dimitri Payet, anunciou hoje o clube francês.

No entanto, a direção do Marselha não tem intenção de vender um dos líderes da equipa e está a forçar um ‘braço de ferro’ com o jogador, explicou o clube em comunicado.

O internacional francês, de 28 anos, e o Marselha acordaram “no início de junho”, que o jogador ia cumprir os últimos dois anos de contrato, mas o agente do futebolista anunciou que “ele e o jogador estão em negociações com o West Ham, que ofereceu a Payet um contrato de seis anos no valor de 20 milhões de euros”.

“Devido a esta proposta, o agente exigiu uma rápida revisão contratual, que permita ao futebolista francês ficar no Marselha”, disse o clube no mesmo comunicado.

O Marselha, que se qualificou para a Liga Europa, não se opôs a esta revisão contratual, mas não irá fazê-lo antes de meados de julho, de forma a cumprir as diretrizes financeiras da Federação Francesa de Futebol.

O agente do futebolista continuou a pressionar os marselheses, o que levou o conjunto francês a lançar um ultimato ao jogador: “para ficar aqui terá de amar o clube e esperar até meados de julho para discutir os termos do contrato com o Presidente, Vincent Labrune, ou então escolher o ‘caminho dourado’ oferecido pelo West Ham".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.