Neymar está cada vez mais perto de deixar o Paris Saint-Germain, mas na capital francesa ainda há quem queira a sua continuidade. Depois do treinador Thomas Tuchel ter dito que não queria ficar sem o brasileiro, foi a vez de Mbappé falar sobre a situação e pedir que o canarinho continue na formação gaulesa.

No final da partida frente ao Nimes, que o PSG venceu por 3-0, o jovem francês, que apontou um golo e ofereceu outro a Angel Di María, foi questionado sobre a possibilidade de os parisienses perderem o brasileiro.

"Assistência para o Di María? Temos que dar golos também. Os meus colegas de equipa dão-me muitos e tenho que retribuir. O PSG tentará ser competitivo, mas não vamos mentir. Depende da situação de Neymar. Sem ele, não é a mesma coisa", começou por dizer Mbappé citado pelo Mundo Deportivo, prosseguindo.

"Estamos bem. Fizemos uma boa pré-temporada para sermos eficientes o mais rápido possível, porque temos jogos importantes muito em breve", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.