O Mónaco perdeu por 3-0 em Angers, um resultado que coloca em perigo o segundo lugar na Liga francesa de futebol da equipa orientada por Leonardo Jardim, hoje com cinco portugueses no ‘onze’.

O jogo de arranque da 23.ª jornada do campeonato francês deixa o Mónaco ainda em segundo, mas agora com apenas dois pontos de avanço sobre o terceiro, o Angers, e três face ao terceiro, o Nice, que tem um jogo a menos (desloca-se domingo a Caen).

No estádio Jean Bouin, o Mónaco teve mais posse de bola, mas esse domínio territorial foi totalmente ineficaz, já que foi o Angers, equipa sensação da prova, quem mais rematou à baliza, podendo mesmo ter vencido por diferença maior.

O Angers, só com uma vitória nas cinco jornadas anteriores, relança-se assim na prova e continua na luta por um lugar de acesso à Liga dos Campeões, ultrapassando da melhor forma a goleada sofrida em Paris, com o líder, por 5-1.

O senegalês Cheikh N'Doye apontou os dois golos da primeira parte, aos 09 e 43 minutos, e, aos 55, o guineense Mohamed Yattara deu o 'golpe de misericórdia' na equipa treinada pelo técnico madeirense.

Na baliza do Angers, Letellier esteve em grande forma e travou todas as ofensivas dos monegascos, uma das mais perigosas de Bernardo Silva, aos 14 minutos.

Além de Bernardo Silva, também jogaram João Moutinho, Ricardo Carvalho, Fábio Coentrão e Hélder Costa, com estes dois últimos a verem cartão amarelo.

O brasileiro Vagner Love, contratação de inverno na equipa do Principado, estreou-se a jogar, rendendo aos 65 minutos João Moutinho, mas também não fez nada de relevante no jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.