Os dirigentes do clube francês criticaram, esta terça-feira, a «lentidão» da FIFA no caso da transferência do ex-sportinguista Yannick Djaló.

«Estamos muito irritados. Este dossier está bloqueado pela FIFA, que não nos coloca numa posição de defender o caso», revelou o diretor geral do Nice, Julien Fournier, em declarações ao site do clube francês.

O processo de Yannick ainda está a ser analisado pelo Tribunal Internacional do Desporto (TAS), depois de uma apreciação inicial da FIFA sobre o caso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.