O Lyon e o Paris Saint-Germain empataram hoje 2-2 e anularam as possibilidades de atingirem o topo de classificação na Liga francesa, no decurso da 15.ª jornada.

O PSG, em caso de vitória, assumia a liderança isolada, com 26 pontos, mais um que o actual líder, o Marselha, enquanto o Lyon, adversário do Benfica na Liga dos Campeões, igualaria os campeões, com 25.

Em Lyon, a formação da casa esteve a vencer por 1-0, com um golo do ex-jogador do FC Porto Aly Cissokho, mas o brasileiro Nenê, aos 63 minutos, repôs a igualdade.

Cissokho, já perto do fim, foi expulso na sequência de uma grande penalidade sobre Nenê, castigo máximo que Guillaume Hoarau transformou exemplarmente.

Quando os parisienses já festejavam a conquista do primeiro lugar, Gomis devolveu a igualdade ao Lyon.

Com este resultado, o PSG assume a terceira posição em igualdade pontual com o Montpellier, enquanto o Lyon cola-se ao Rennes e ao Bordéus no quinto posto.

O Toulouse, com o português Paulo Machado a saltar do banco aos 87 minutos, venceu fora o Auxerre por 2-1, enquanto o Sochaux derrotou o Caen por 3-0, também na qualidade de visitante.

O Marselha, no sábado, voltou à liderança, ao golear em casa o Montpellier por 4-0. Com um jogo a menos, o Marselha tem 25 pontos, tantos quanto os do Lille, que joga quarta-feira em Alvalade para a Liga Europa.

No Velódromo marselhês, o argentino e antigo “capitão” do FC Porto Lucho Gonzalez inaugurou o marcador aos 20 minutos e, oito minutos depois, o visitante Yanga-Mbiwa “ofereceu” um golo ao adversário, marcando na própria baliza. Valbuena e Rémy, aos 65 e 90+2 minutos, estabeleceram o 4-0 final.

Por seu turno, o Lille esteve a ganhar na visita ao Bordéus, graças ao golo de Sow, aos 35 minutos, mas este viu o seu colega Rami fazer um golo na própria baliza, que deu o empate aos anfitriões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.