Enquanto muitos campeonatos na Europa ainda vão no início, existem provas do outro lado do oceano Atlântico que estão perto de se finalizar.

É o caso da MLS, a Major League Soccer, que, nesta madrugada, dá o pontapé de saída ao play-off de apuramento do campeão da competição norte-americana.

Depois de 34 jornadas disputadas, serão 12 as equipas dos Estados Unidos da América e do Canadá que irão disputar esta fase da prova, que é muito similar ao que acontece na NBA e na NFL.

Na fase regular, a equipa do Toronto FC foi campeã e é um dos principais candidatos ao título da MLS, contando com Sebastian Giovinco nas suas fileiras. No entanto, a equipa canadiana luta contra a história, visto que nenhum conjunto do Canadá tenha vencido a liga, como revela o site Maisfutebol.

Dividido em duas Conferências (Este e Oeste), as melhores equipas da fase regular descansam na primeira ronda deste play-off. Assim, para além do Toronto, também o New York City, os Portland Timbers e os Seattle Sounders vão esperar pelos seus adversários.

Esta noite, estarão em competição os Chicago Fire, que contam com o português João Meira, e os New York Red Bull.

Na próxima madrugada, o duelo será entre o Columbus Crew e o Atlanta United, sendo que esta última conta com a maior média de espetadores por partida e estreou-se este ano na principal competição futebolística desta parte do continente.

Umas horas mais tarde, será a vez do Sporting Kansas City defrontar os Houston Dynamo.

Quem quiser estar atento a estas partidas, terão transmissão televisiva no Eurosport 1.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.