O Boavista vai formar equipas técnicas de escalões de futebol de formação da equipa moçambicana União Desportiva do Songo (UDS), no âmbito de um memorando de entendimento assinado entre os dois clubes.

"O acordo terá a duração de três anos, entre julho de 2019 e janeiro de 2022, e terá como objetivo principal a promoção de intercâmbios para fortalecer as equipas técnicas de formação que treinam os escalões inferiores da União Desportiva do Songo", indica um comunicado, divulgado hoje.

O memorando, a ser assinado na quinta-feira, prevê a organização de jogos particulares entre as duas equipas, além da partilha de informações sobre o desempenho e condições dos jogadores das diferentes categorias, "facilitando o melhor acompanhamento, com perspetivas de vinculação temporária e definitiva".

"Com a assinatura deste acordo, a turma moçambicana inicia a sua marcha rumo a internacionalização da marca União Desportiva do Songo", indica o comunicado.

Fundado em 1982 em Songo, na província de Tete, centro de Moçambique, a UDS conquistou o acesso ao principal campeonato moçambicano de futebol (Moçambola) em 2009, tendo sido bicampeão em 2017 e 2018, após ter ocupado o segundo lugar em 2016 e o terceiro por duas ocasiões, 2011 e 2013.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.