A receção do Clube de Chibuto ao Ferroviário da Beira será o grande destaque da 19ª jornada do Moçambola 2013. Em causa estará a disputa pela segunda posição da tabela classificativa, visto que as duas equipas estão “coladas” com 31 pontos

Aliás, as duas formações espreitam a liderança da prova, pois caso a Liga Muçulmana escorregue (empatando ou perdendo) a equipa que sair vitoriosa no confronto entre os «Guerreiros de Gaza» e os «locomotivas» do "Chiveve poderá ascender momentaneamente ao primeiro lugar da prova.

Tanto o Chibuto como o Ferroviário da Beira estiveram em atividade a meio da semana, nos jogos relativos aos quartos-de-final da Taça Moçambique, tendo ambas empatadas, com a primeira a registar um nulo na cidade da Tete ante ao Desportivo e a segunda terminou igualada a uma bola na deslocação ao terreno do seu homónimo de Maputo.

A partida será dirigida por Luís Jumisse, assistido por Teófilo Mungo e Carlos Alberto Manuel, com José Maria Rachide a ser o quarto árbitro.

Por outro lado, na luta pelo trono do Moçambola a Liga Muçulmana recebe o Chingale de Tete naquele que será o primeiro do atual líder após ascender ao topo da classificação de forma isolada.

A equipa orientada por Litos lidera a prova com 33 pontos e tem estado em alta no Moçambola, tendo na ronda anterior derrotado o Ferroviário de Maputo por 3-2.

A receção ao Chingale de Tete poderá ser fácil para os Muçulmanos tendo em conta o atual momento de forma atravessado pela equipa, mas os tetenses quererão fazer o melhor de si para fugir aos lugares de despromoção, visto que atualmente ocupam a incómoda 12ª posição com 17 pontos.

O Chingale vai jogar em Maputo sem o seu treinador Rogério Mariannii que está sob alçada disciplinar da Liga Moçambicana de Futebol, alegadamente por ter insultado o árbitro Filimão Filipe, o que lhe valeu um mês de suspensão.

Inácio Sitoe será o árbitro do jogo e terá como primeirpo assistente Ivo Miambo e o segundo assistente será Joaquim Merinho. Justino Zandamela sera o quarto árbitro.

Quem também vai fazer de tudo para não perder o comboio da liderança é o Maxaquene que terá uma deslocação difícil à cidade de Nampula onde vai defrontar o Desportivo de Nacala. Os «tricolores» seguem na quarta posição com 30 pontos e precisam vencer este duelo com os Nacalenses que estão a fazer um bom campeonato, ocupando a sexta posição com 28 pontos.

Esta partida será arbitrada por Aureliano Mabote, que será assistido por Francisco Machel e Pedro Justino Madala. O quarto árbitro será Dionísio Dongaze.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.