De acordo com a BBC, um adepto furou os cordões de segurança e conseguiu alcançar o  balneário inglês onde terá tentado entrar. O indivíduo foi detido pela segurança do estádio Green Point, quando se tentava dirigir a David Beckham, antigo capitão da selecção inglesa e fora do Mundial devido a uma lesão.

A selecção da Inglaterra reportou o incidente por escrito ao Comité de Organização do Campeonato do Mundo da África do Sul.

Muitos dos 25 000 ingleses que assistiram ao jogo com o conjunto africano vaiaram os jogadores da Inglaterra no final, demonstrando o desagrado pela exibição pobre da equipa orientada pelo italiano Fabio Capello.

Após o segundo empate no Mundial (o primeiro foi de 1-1 com os Estados Unidos), a Inglaterra tem de vencer no derradeiro jogo a Eslovénia, líder do Grupo C, para conseguir apurar-se para os oitavos de final.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.