O antigo avançado da Fiorentina foi assaltado em Joanesburgo quando se ausentou do seu quarto para ir ao bar do Hotel.

"Fui ao bar e quando voltei, duas horas depois, percebi que me 'limparam' o cartão de crédito e alguns rands. Suspendi o cartão e acho que não conseguiram usá-lo. Estávamos num lugar que julgava seguro", disse o 'Batigol' ao canal de televisão TN.

O ex-jogador está num hotel onde se hospedam também altos dirigentes da FIFA

"A minha mulher não acredita, diz que é um truque para ir às compras", brincou o jogador.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.