A paciente Grécia está a praticar um futebol muito defensivo e fechado, com contra-ataques rápidos, aproveitando as reorganizações da Argentina quando termina uma investida no ataque. Não esquecer que foi com este futebol que a Grécia se sagrou campeã europeia em 2004, em Portugal.

Uma primeira parte sem grandes momentos de futebol mas onde se pôde apreciar um pouco do “futebol moderno”, no Estádio Peter Mokaba, em Polokwane.

O melhor momento dos primeiros quarenta e cinco minutos foi protagonizado por Aguero. Aos 18 minutos, com um arranque a atravessar a muralha grega, o jogador do Atlético de Madrid rematou de pé esquerdo mas Tzorvas impediu o golo argentino.

Já em tempo de descontos do primeiro tempo, a Argentina pressionou com dois grandes remates, primeiro de Maxi Rodríguez e depois Messi, mas Tzorvas, uma vez mais, impediu.

No outro encontro do Grupo B, a Nigéria e a Coreia do Sul estão empatados a um golo e se este fosse o cenário no final dos dois encontros, as equipas qualificadas seriam a Argentina e a Coreia do Sul.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.