O seleccionador sérvio, Radomir Antic, afirmou que perder o primeiro jogo do Mundial de futebol é “um duro golpe”, mas acrescentou: “Agora, não temos outro remédio senão reagir”.

“Começar com num resultado negativo é mau, mas temos de nos preparar para o próximo jogo, na sexta-feira, com o favorito do Grupo D, a Alemanha”, referiu Antic, para quem as duas equipas estiveram a “um nível idêntico”.

Para o seleccionador sérvio, o que fez a diferença foi a expulsão de Lukovic, aos 74 minutos, e, sobretudo, o erro individual de Kuzmanovic, que meteu a mão à bola na área, provocando o penálti que deu a vitória aos ganeses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.