O selecionador português Fernando Santos considerou que Portugal fez o suficiente para sair com a vitória do encontro dos oitavos de final e assumiu a tristeza pela eliminação.

"Não me parece que tenha sido um resultado justo. Fizemos o suficiente para obter outro resultado, mas há jogos em que não acontece. Entrámos bem, criámos condições para fazer golo, não fizemos, e eles na primeira vez que chegaram à nossa baliza fizeram golo. Na primeira parte tivemos muita largura, mas faltou presença na área", começou por dizer em declarações à RTP.

"Ao intervalo pus o Bernardo [Silva] a jogar mais por dentro, melhorámos, fomos dominadores. Marcámos o golo que era o mais difícil. Disse aos jogadores que se marcássemos um golo daríamos a volta ao resultado. Num lançamento longo do guarda-redes uruguaio eles chegaram outra vez à nossa baliza e fizeram o segundo golo. Lutámos muito, estamos muito tristes", continuou.

"Tivemos boas chances, houve muitos ressaltos na área do Uruguai, mas não conseguimos. Às vezes não produzimos tanto e ganhamos, e hoje produzimos mais e acabámos por perder", acrescentou.

O selecionador nacional deixou ainda uma promessa: "Vamos continuar a dar alegrias aos portugueses, mas hoje não foi possível."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.