O grupo de inspectores da FIFA que iniciou já o périplo pelos candidatos à organização dos Mundiais de futebol de 2018 e 2022 reservará a Portugal dois dos quatro dias agendados para a candidatura ibérica com Espanha.

A comitiva de seis elementos, liderada pelo chileno Harold Mayne-Nicholls, chegará a Portugal a 1 de Setembro, dois dias depois da passagem por Espanha, começando a visita em solo português no início da tarde.

Segundo o programa, os inspectores começarão por visitar, pelas 14:00, o Centro de Congressos de Santa Maria da Feira, indicado para palco do sorteio do apuramento ao torneio, seguindo depois para o Estádio do Dragão, um dos três recintos portugueses que integram a candidatura ibérica.

Depois do Porto Palácio Hotel, indicado para unidade hoteleira da FIFA, o primeiro dos dois dias encerra com um jantar no Porto oferecido pela Federação Portuguesa de Futebol.

Na manhã de 2 de Setembro, os responsáveis da FIFA visitam o Estádio da Luz, pelas 10:30.
A visita encerra pelas 16:00 com uma conferência de imprensa no Hotel Tivoli, outra unidade hoteleira indicada para albergar a comitiva da FIFA para o Mundial.

Apesar da candidatura ibérica ter indicado 18 cidades e 21 estádios (do lado português, Porto, com o Dragão, e Lisboa, com Luz e Alvalade), a comitiva de inspectores da FIFA visitará apenas as duas principais cidades e os dois maiores estádios de cada país ibérico (Santiago Bernabeu de Madrid e Nou Camp de Barcelona, em Espanha).

No primeiro dia, a 30 de Agosto, a candidatura ibérica apresentará argumentos ao grupo de inspectores no Melia Castilla Hotel de Madrid, numa cerimónia de uma hora que deverá ter início pelas 17:00.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.