Os egípcios do Al-Ahly conquistaram hoje o terceiro lugar da edição 2021 do Mundial de clubes de futebol, ao golearem o ‘nove’ do Al Hilal, do treinador português Leonardo Jardim, por 4-0, em Abu Dhabi.

O encontro ficou decidido na primeira parte, com os três golos do conjunto africano e as duas expulsões na formação da Arábia Saudita, do brasileiro ex-Sporting Matheus Pereira, aos 14 minutos, e de Mohamed Kanno, aos 28.

No ’11 contra 11’, o Al-Ahly, que já tinha arrebatado o ‘bronze’ no Mundial de clubes em 2006 e 2020, adiantou-se logo aos oito minutos, por intermédio de Yasser Ibrahim, que ‘bisou’ aos 17, já num ’11 contra 10’.

Depois da segunda expulsão nos sauditas, para ‘desespero’ de Leonardo Jardim, o jogo ficou, definitivamente, ‘inclinado’ para o lado dos egípcios, que ainda chegaram ao terceiro golo antes do intervalo, aos 40 minutos, por Ahmed Abderlkader.

Na segunda parte, o Al-Ahly controlou completamente os acontecimentos, mas só marcou mais um golo, aos 64 minutos, por intermédio de Amro Elsoulia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.