Luís Aragonés, antecessor de Vicente del Bosque como seleccionador espanhol, congratulou-se hoje com o título mundial conquistado na África do Sul, “uma grandeza para o futebol espanhol”.

“Merecíamos esta taça”, disse Aragonés, ao comentar a final do torneio para a cadeia de televisão qatari Al Jazira, com os direitos de transmissão da prova para o Médio Oriente.

O técnico, responsável pelo título europeu ganho pela “roja” em 2008, considerou que o jogo foi “repartido”, entre “os conjuntos que melhor se exibiram na prova”, mas que a equipa espanhola foi a que “mais procurava marcar golos”.

“À Espanha não importa jogar com qualquer rival. Só joga para ganhar”, continuou, elogiando jogadores “que sabem fazer mexer a equipa”, como Iniesta, Xavi e Xabi Alonso.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.