Marcus Rashford aproveitou a última conferência de imprensa da seleção inglesa para abordar o tema da saída de Cristiano Ronaldo do Manchester United. Apesar da situação tumultuosa vivida por Ronaldo em Manchester neste início de época, e que culminou com a rescisão de contrato com os ´red devils', Rashford deixou rasgados elogios ao antigo colega.

"Jogar com ele foi uma experiência incrível. É algo que vou levar comigo para sempre. É um dos meu ídolos e alguém que sempre me inspirou. Desejo-lhe o melhor para o resto da carreira e quero agradecer-lhe por tudo o que fez no Man United", afirmou Rashford.

Para além de CR7, o avançado inglês abordou também a situação vivida por ele e Bukaio Saka após a final do Euro2020, onde ambos falharam grandes penalidades contra a Itália. Tal situação levou os mesmos a serem alvos de insultos racistas. De regresso à seleção após esses incidentes, Rashford admitiu que não foram momentos fáceis.

"Ficas desapontado por saber que as pessoas podem pensar assim. Lidar com o racismo nunca é fácil, e também é difícil ver alguém passar por isso", disse o inglês, que confessou estar feliz por estar de volta à seleção nacional inglesa.

"É bom estar com o grupo outra vez, sem lesões nem ‘coisinhas’", concluiu.

Inglaterra defronta o País de Gales na próxima terça-feira, às 19h. Os ingleses são líderes do grupo B com quatro pontos e apenas precisam de um empate para garantir o apuramento para os oitavos de final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.