João Moutinho voltou a falar sobre a situação de Portugal no apuramento ao Mundial 2014. O médio da seleção das quinas aponta ao segundo lugar no grupo F como objetivo próximo. Moutinho pede casa cheia na Luz para derrotar a Rússia, um adversário que pode complicar os objetivos de Portugal

«A Rússia é uma equipa extremamente organizada, com jogadores rápidos na frente. A meu ver, vai tentar jogar no contra-ataque. Sabemos disso tudo. Na Rússia eles fizeram um bom jogo mas nós também. Tivemos oportunidades mais que suficientes para, no mínimo, sair com um empate mas não conseguimos. Vai ser um jogo em nossa casa, com o nosso público, espero que com estádio cheio. Espero que possamos ganhar, porque isso é o mais importante para nós e para a qualificação», sublinhou.

Paulo Bento ainda não se sabe se poderá contar com Fábio Coentrão e Cristiano Ronaldo, ambos tocados. Moutinho espera que possam recuperar. «São dois jogadores importantes na nossa seleção mas nos próximos dias acho que vão estar a cem por cento para dar o seu contributo à seleção. Mas se não estiverem, estarão outros jogadores para nos ajudar», desejou.

Moutinho voltou a afirmar que «é impensável a seleção portuguesa, com tantos jogadores de qualidade, não estar numa prova como o Mundial». O médio sublinhou que «a margem de erro é nula» mas a equipa vai estar «na máxima força e concentrada já no dia sete» para vencer. «Vamos fazer tudo para ganhar e acho que com o apoio do público, vamos conseguir», disse, convicto.

O primeiro posto do grupo já não depende da seleção das quinas. O objetivo agora passa por garantir o segundo lugar e ir aos play-off de apuramento ao Mundial 2014. A pressão, essa é mesma, garante Moutinho.

«Pressão temos sempre, neste ou noutro jogo qualquer. O único objetivo será sempre a vitória. Sabemos que Israel está a lugar connosco mas o segundo lugar só depende nós. O objetivo é o segundo lugar e é isso que vamos fazer já neste jogo com a Rússia: ganhar e estar mais perto do nosso objetivo. Depois, logo se verá...», disse o "oito" da seleção portuguesa.

Moutinho comentou ainda os incidentes registados no fim-de-semana, no Dragão Caixa na Final Four da Liga Europeia de Hóquei em Patins e num jogo dos juvenis entre FC Porto e Benfica, no Porto.

«São momentos tristes. Não gostamos. Não sei o que se passou para estar a comentar. Só sei que gostaria que o FC Porto tivesse ganho, infelizmente não aconteceu. Não sei o que se passou, logo não me merece grandes comentários», afirmou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.